standard, padrão, norma, standard

1. Um conjunto de diretrizes técnicas formais definidas por uma renomada organização governamental ou não-comercial que é usado como meio de se uniformizar uma área de desenvolvimento de ou de software. O padrão decorre de um processo formal no qual as especificações são propostas preliminarmente por um grupo ou comissão, depois de estudos detalhados dos métodos, enfoques, tendências tecnológicas e produtos existentes. Esses padrões são, depois, ratificados ou aprovados por uma organização reconhecida e, com o tempo, acabam sendo adotados por consenso à medida que produtos desenvolvidos com base nesses padrões passam a predominar no mercado. Existem muitos padrões desse tipo na informática, como o conjunto de caracteres ASCII, o RS-232-C, a interface e as linguagens ANSI, como e FORTRAN. Ver também ; convention (convenção); RS-232-C standard (RS-232-C, padrão); SCSI. 2. Um conjunto de diretrizes técnicas informais para o desenvolvimento de ou que ocorre quando um produto ou filosofia são desenvolvidos por uma empresa e, como conseqüência do seu sucesso, acabam sendo imitados e seu uso se torna tão difundido que a tentativa de adoção de alternativas provoca problemas de compatibilidade ou limita as possibilidades de comercialização. Esse tipo de padrão de fato pode ser exemplificado pelos modems Hayes e pelos computadores IBM PC. Ver também compatibility (compatibilidade – definição 3).
+
..
../..