RISC

Acrônimo de reduced instruction set computing. Tipo de projeto de microprocessador que se baseia no processamento rápido e eficiente de um conjunto de instruções relativamente pequeno. A filosofia se baseia na premissa de que a maioria das instruções que o computador decodifica e executa é simples. Como resultado, a arquitetura limita o número de instruções embutidas no microprocessador ao mesmo tempo em que otimiza essas instruções para que sejam executadas com muita rapidez – em geral, dentro de um único ciclo do clock. Portanto, os chips são mais rápidos nas instruções simples do que os microprocessadores projetados para trabalhar com um conjunto de instruções maior. Entretanto, eles são mais lentos que os chips (complex instruction set computer, computador com conjunto complexo de instruções) de uso geral na execução de instruções complexas, que precisam ser divididas em várias instruções de máquina a fim de que possam ser executadas pelos microprocessadores RISC. Dentre as famílias de chips que vêm ganhando popularidade destacam-se a SPARC, da Sun Microsystems; a 88000, da Motorola; a i860, da Intel, e a PowerPC, desenvolvida em conjunto pela Apple, IBM e Motorola. Ver também architecture (arquitetura); SPARC. Comparar com .
+
..
../..