Bell communications standards, padrões de comunicação Bell

Uma série de padrões de transmissão de dados criados pela AT&T durante o final da década de 1970 e o início da década de 1980 que, pela ampla aceitação na América do Norte, acabaram se tornando o padrão de fato para todos os fabricantes de modems. O Bell 103, hoje praticamente obsoleto, controlava transmissões a 300 bits por segundo (bps), no modo full-duplex de comunicação assíncrona, através de linhas telefônicas discadas, usando o frequency-shift keying (FSK). O Bell 212A controlava transmissões a 1.200 bps, no modo full-duplex de comunicação assíncrona, através de linhas telefônicas discadas, usando o phase-shift keying (PSK). Um conjunto internacional de padrões de transmissão conhecido como "normas (ou recomendações) do CCITT" tornou-se geralmente aceito como a base da padronização, em especial para comunicação a velocidades maiores 1.200 bps. Ver também CCITT V series (CCITT, série V); FKS; phase-shift keying (PSK).
+
..
../..