Maltodextrina

 

Maltodextrina é o resultado da hidrólise do amido ou da fécula, normalmente se apresentando comercialmente na forma de pó branco, composto por uma mistura de vários oligômeros da glicose, compostos por 5 a 10 unidades.[2].
Pode ser definida como um polímero da glicose. Estas moléculas poliméricas são metabolizadas de forma lenta e constante no organismo humano.
Sendo que os carboidratos são as principais fontes de energia do nosso organismo (e as de recrutamento mais rápido), glicogênio muscular hepático, correspondendo à maior parte das calorias ingeridas pelo ser humano, numa dieta saudável, o carboidrato deve estar presente em torno de 60%, para que as proteínas não tenham que desviar-se de suas funções específicas, como construção dos tecidos musculares, para obtenção de energia, daí advém o crescente consumo e indicação da maltodextrina para praticantes de atividades físicas de resistência como a musculação e a corrida, fornecendo energia durante estas atividades físicas, intensas e de longa duração, retardando a fadiga, através da gradual liberação de glicose para o sangue.
Esse carboidrato assim sendo fica responsável pelo aumento do nível energético muscular, dando mais força, evitando o catabolismo muscular (perda demúsculos) e também ajuda a evitar a fadiga.
Uma colher de sopa (aproximadamente 10 gramas) de maltodextrina corresponde a 40 Kcal.
Apresentam-se no mercado de suplementos alimentares frequentemente aditivados de flavorizantes de diversos sabores, como laranjalimãotangerinauva,guaranáaçaí e acidulados com ácido cítrico.



Há uma dependência do peso corporal e nível de atividades físicas. Mas, em geral, deve-se tomar de 1 a 2 vezes por dia até 4 colheres de sopa de maltodextrina, antes e/ou depois da realização de atividades físicas que necessitem de grande quantidade de energia e esforço muscular. É ingerida com 1 copo (250ml) da bebida de sua preferência (água mineralleiteiogurte, suco de fruta, etc) num copo, agitado numa coqueteleira ou batido em liquidificador.
É recomendado seu consumo acompanhado de um suplemento protéico, como a Whey Protein (Proteína do soro do leite), ou com a ingestão direta de aminoácidos como a Valina, Leucina, e Isoleucina, encontradas em suplementos alimentares chamados comercialmente de BCAA's.



Marcadores: , , , , , , ,






This page is powered by Blogger. Isn't yours?

shepherd

shepherd