programming, programação

A arte e a ciência da criação de programas de computador. A programação parte do conhecimento de uma ou mais linguagens de programação, como o BASIC, C, ou assembly. O domínio de uma linguagem, por só, não basta para que se tenha um bom programa. Há muito mais conhecimentos envolvidos; a especialização na teoria dos algoritmos, o projeto de interfaces com o usuário e as características dos equipamentos. Além disso, uma noção razoável do campo ao qual o programa se aplica – processamento de textos ou biologia molecular, por exemplo – também é desejável. Os computadores são máquinas rigorosamente lógicas, e a programação exige um enfoque igualmente lógico ao projeto, codificação, teste e depuração dos programas. As linguagens de baixo nível, como a linguagem assembly, também exigem familiaridade com recursos do microprocessador e suas instruções básicas. No estilo modular defendido por muitos programadores, um projeto é dividido em módulos menores, mais fáceis de serem administrados – unidades funcionais independentes que podem ser projetadas, testadas e depuradas separadamente antes de serem incorporadas ao programa maior. Ver também algorithm (algoritmo); (definição 2); modular design (projeto modular); object-oriented programming (programação orientada a objetos); spaghetti code (macarronada, emaranhado de código); structured programming (programação estruturada).
+
..
../..