memory management, gerenciamento da memória

1. Nos sistemas operacionais dos computadores pessoais, procedimentos destinados a otimizar a utilização da (Random Access Memory). Esses procedimentos abrangem o armazenamento seletivo de dados, o monitoramento cuidadoso desses dados e a liberação da memória quando os dados deixam de ser necessários. Muitos dos sistemas operacionais atuais otimizam sozinhos o uso da RAM. Alguns sistemas operacionais mais antigos, como as primeiras versões do MS-DOS, exigiam o uso de utilitários de outros fornecedores para otimizar o uso da e necessitavam que o usuário tivesse bons conhecimentos acerca da maneira como o sistema operacional e as aplicações utilizavam a memória. Ver também memory management unit (unidade de gerenciamento da memória). 2. Na programação, o processo que consiste em garantir que um programa libere as áreas da memória quando elas deixam de ser necessárias. Em algumas linguagens, como o e o C++, o programador deve controlar o uso que o programa faz da memória. A Java, uma linguagem mais recente, libera automaticamente todas as áreas da memória que não estão mais em uso. Ver também ; C++; garbage collection (coleta de lixo); Java.
+
..
../..