Jacquard loom, tear de Jacquard

Tear desenvolvido pelo inventor francês Joseph-Marie Jacquard, em 1801, que usava cartões perfurados para controlar o desenho das estampas dos tecidos. Os cartões, que poderiam chegar a até 24 por tear, eram colocados em um tambor giratório. Um conjunto de bastões de madeira passava pelos orifícios de acordo com a programação dos cartões, e quando passava pelo orifício o bastão empurrava o fio, tecendo um padrão. Embora não fosse um computador no sentido estrito da palavra, o tear de Jacquard é reconhecido mundialmente como tendo sido o indicador do uso de cartões perfurados para controlar operações mecânicas. Jaquard recebeu uma medalha do imperador Napoleão pelo seu invento. Posteriormente, no século XIX, os cartões perfurados foram usados na Máquina Analítica do matemático inglês Charles Babbage e na máquina de tabulação estatística do americano Herman Hollerith, que eram ambos inventos ainda mais próximos dos computadores modernos. Ver também Analytical Engine (Máquina Analítica); Hollerith tabulating/recording machine (máquina de tabulação/gravação de Hollerith).
+
..
../..