inner join, junção interna

No gerenciamento de bancos de dados, um operador da álgebra relacional utilizado com freqüência. Quando aplicada a duas relações (tabelas) já existentes, a junção interna produz uma terceira tabela, que consiste de todas as concatenações (junções) ordenadas possíveis dos registros da segunda tabela, para as quais certos critérios especificados com base nos valores de dados das duas tabelas sejam atendidos. Ou seja, ela é equivalente a um produto seguido de uma seleção aplicada à tabela resultante. Comparar com outer (junção externa).
+
..
../..