filter, filtro

Na computação, um programa que lê sua entrada normal ou qualquer outra que possa ser utilizada e transforma essa entrada de forma preestabelecida, gravando depois o resultado na sua saída normal ou em alguma outra que tenha sido designada. Por exemplo, um filtro de banco de dados poderia assinalar o tempo de existência de determinadas informações. 2. Na comunicação e na eletrônica, filtro é um equipamento ou programa que, seletivamente, permite a passagem de alguns elementos de um sinal, ao mesmo tempo em que bloqueia ou atenua outros. Por exemplo, nas redes de comunicação, usam-se filtros que transmitem determinadas freqüências e atenuam (amortecem, abafam) as freqüências superiores (filtro de banda baixa), as freqüências inferiores (filtro de banda alta), ou as que estão acima e abaixo do filtro (filtro de banda de passagem). 3. Um padrão ou máscara a que os dados são submetidos em relação a certos itens. Por exemplo, um filtro usado em correio eletrônico ou na recuperação de mensagens de newsgroups pode permitir que os usuários filtrem mensagens de outros usuários. Ver também e-mail filter (filtro de correio eletrônico); mask (máscara). 4. Na computação gráfica, um efeito especial ou efeito de produção que é aplicado a imagens de mapa de bits; por exemplo, deslocar pixels dentro de uma imagen, tornar os elementos de uma imagem transparentes ou distorcer a imagem. Alguns filtros são embutidos em um programa gráfico, como um programa de desenho livre ou um editor de imagens. Outros são pacotes de separados que são associados ao programa gráfico. Ver também bitmapped graphics (gráfico de mapa de bits); editor (editor de imagens); paint program (programa de desenho livre).
+
..
../..